Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Alunos desenvolvem prática para inclusão de deficientes visuais
Campus Natal-Zona Norte

Alunos desenvolvem prática para inclusão de deficientes visuais

19/06/2018 - Estudantes do curso de Licenciatura em Informática escrevem artigo sobre letramento digital

Alunos desenvolvem prática para inclusão de deficientes visuais

Lindemberg e Leonardo, sob orientação de Keila, ficaram com 1º lugar da sua categoria no Ctrl+E, em Fortaleza/CE

Percebendo as necessidades do Instituto dos Cegos do RN, Leonardo Brunno Silva de Lima, aluno do  no Campus Natal-Zona Norte do IFRN, teve a ideia de trabalhar com algo que ajudasse na acessibilidade de estudantes com cegueira à informática. Leonardo faz o Curso Superior de Licenciatura em Informática. "Como licenciando na área, bateu a curiosidade de saber se tinham e como eram as aulas de informática nessa instituição", explica se referindo ao Instituto dos Cegos. 

A ele se uniram o também aluno de Licenciatura em Informática do mesmo Campus Lindemberg Cordeiro dos Santos e a professora Keila Moreira, como orientadora do projeto. O trabalho é dividido em quatro módulos, que guiam a ordem de atividades, sendo o primeiro o conhecimento do computador, onde os alunos aprendem a manusear cada peça. Depois disso, é feito o aprendizado de técnicas de digitação, reconhecimento de teclado e de ferramentas assistivas para o computador, onde são introduzidos softwares específicos para dar mais autonomia. Por fim, "Manuseando a Internet", o módulo final, tem objetivo de dar independência para o aluno usar mecanismos de pesquisa como o Google e o Bing. 

Para a orientadora do projeto, Keila Moreira, os alunos estão aproveitando uma oportunidade enquanto ajudam os outros: "Estamos nos apropriando das necessidades das pessoas com deficiência visual para inseri-las, por meio do letramento digital, na sociedade de uma maneira mais efetiva, de modo que possam usufruir dos recursos disponíveis em tecnologia assistiva para o desempenho de suas atividades cotidianas, incluindo o mundo do trabalho".

Os estudantes, com o trabalho que escreveram sobre o projeto, conquistaram o primeiro lugar na categoria de artigos resumidos no III Congresso sobre Tecnologias na Educação (Ctrl+E 2018). O evento aconteceu entre os dias 5 e 8 de junho em Fortaleza, Ceará. A obra dos estudantes intitulada "O início de uma prática de letramento digital voltada para pessoas com deficiência visual" é um projeto de extensão feito no Instituto de Cegos do RN. 

 

 

Ações do documento

Página em carregamento