Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / “A prática é o que otimiza o perfil de um técnico”
DEPOIMENTO

“A prática é o que otimiza o perfil de um técnico”

22/08/2019 - Aluno egresso do Campus São Paulo do Potengi relata experiência de estágio

 “A prática é o que otimiza o perfil de um técnico”

Vinício Paulino, aluno egresso do Campus São Paulo do Potengi

Vinício Gabriel Paulino fez o Curso Técnico Integrado em Meio Ambiente do IFRN - Campus São Paulo do Potengi. Aos 19 anos e aprovado no curso de Ciência e Tecnologia na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o estudante relata sua experiência de 9 meses como estagiário e participante do Programa Jovem Aprendiz, em estágio realizado na A&E Saneamento, empresa referência no mercado do tratamento de água e efluentes. 

Durante a experiência de estágio, as atribuições de Vinício na empresa abrangeram diversos projetos relativos às unidades de tratamento de águas e esgoto que eram desenvolvidos. Para ele, a experiência foi indispensável em seu crescimento pessoal e profissional: “minha experiência foi única! Fazer parte de um grupo competente e receber auxílio - da empresa e do meu professor orientador - para desenvolver atividades concernentes à minha função é algo inexplicável. Isso nos prepara para vida e mercado de trabalho. Sou eternamente grato ao IF, pois sem o Instituto não teria base para tirar proveito de uma oportunidade como esta”, disse. 

O estudante conta que seu primeiro contato com a A&E foi através de uma visita realizada ao IFRN, onde foram apresentados detalhes de atuação e outras políticas alusivas ao assunto. “Enquanto aluno do Instituto, realizei pesquisas voltadas a minha área, juntamente com meu orientador, e participei de vários eventos. Assim, percebi que me encaixava no perfil da empresa durante a visita. Quando houve a oportunidade de bolsa, acredito que minha experiência foi um diferencial no currículo. Por isso acho que a prática é o que mais otimiza o perfil de um técnico”, afirma. 

Relações com o mundo do trabalho

Nesse cenário, Thiago Loureiro, assessor de Relações com o Mundo do Trabalho, destaca o trabalho realizado pelas Coordenações de Extensão (Coex) e demais setores do Instituto: “nós trabalhamos em todos os campi, cada campus tem sua Coex e sua coordenação de estágio, onde existem servidores responsáveis por fazer visitas às empresas, participar de eventos, e os promover, em prol da inserção de estagiários no Programa Jovem Aprendiz”, explica. “A Pró-Reitoria de Extensão (Proex), dentro da Assessoria de Relações Comuns de Trabalho, tem feito um mapeamento de todas as possibilidades de inserção dos nosso alunos no mercado - seja numa instituição privada ou pública -, e esse mapeamento nos permite realizar ações de e-mail marketing, disseminando informações do IFRN para aproximadamente 1000 empresas”. 

Ainda segundo Thiago, o referido mapeamento possui, aproximadamente, 19 mil cadastros e está sendo passado para os campi, com objetivo de expandir a essa base de dados já existente. “É um trabalho conjunto, realizado por vários servidores e setores. Isso, sem mencionar o papel do professor orientador, que é indispensável no acompanhamento dos estagiários no dia a dia”, destaca. 

Ações do documento

Tags: , , ,
Página em carregamento