Você está aqui: Página Inicial / Campi / Pau dos Ferros / Notícias / Da Zona Rural, estudante descobre outros mundos por meio dos livros
ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

Da Zona Rural, estudante descobre outros mundos por meio dos livros

16/05/2019 - A bolsa de apoio estudantil na biblioteca ajuda a transformar as perspectivas de Lívia Ellen

Da Zona Rural, estudante descobre outros mundos por meio dos livros

Lívia passa por três municípios no RN ao longo da semana: Pau dos Ferros, Alexandria e Zona Rural Xique-Xique, em Pilões/Foto: Marcilio França

“O IFRN é um presente” - é assim que a Instituição é definida por Lívia Ellen Oliveira Rodrigues, aluna do 2º ano do Curso Técnico Integrado em Alimentos do Campus Pau dos Ferros do IFRN. A estudante de 16 anos tem uma rotina movimentada, incluindo o trânsito entre três municípios ao longo da semana: durante o dia, está em Pau dos Ferros, à noite mora com duas tias, em Alexandria (RN), e, por fim, aos finais de semana, viaja para a Zona Rural Xique-Xique, no município de Pilões, para ficar com a mãe. “Eu sempre quis dar uma vida melhor para minha mãe”, conta.


Lívia faz parte dos mais de 16 mil alunos matriculados no Instituto que recebem auxílio e assistência social. “Logo quando eu entrei, em 2018, eu tentei [uma bolsa do Programa de Apoio à Formação Acadêmica] porque não teria condições de me manter no curso”, relata. Há um ano, ela atua na Biblioteca do Campus, no turno matutino, auxiliando com as atividades administrativas e recebendo a bolsa de apoio: “é muito bom, em todos os aspectos. Ajuda financeiramente, no desenvolvimento profissional, faz com que você cresça como ser humano. Se todos os campi tivessem as condições de ter mais bolsas, porque, infelizmente, não têm, seria muito bom, porque tem muita gente que precisa”, afirma.


Iniciativa que muda vidas

A estudante sente que, por meio da experiência na Biblioteca, está sendo preparada para o mundo de trabalho, e avalia o fato como muito importante, também, para a sua vida pessoal: “quando eu entrei aqui no IFRN, eu tinha crises de ansiedade e cheguei a ter depressão, e a bolsa foi como uma válvula de escape para mim. Eu sempre procurei tratar as pessoas bem. Aprendi a ser mais responsável, organizada, a ter mais cuidado, a valorizar mais o estudo e, acima de tudo, eu venho crescendo como ser humano e como profissional. Sou muito grata por esta oportunidade”, diz. Lívia também já foi atendida pelos serviços médico, nutrólogo e psicológico do Campus.


“Eu sempre disse que um dia minha mãe teria orgulho de mim, e eu consigo ver em seus olhos que sou, não só para ela, mas para todos”, afirma, orgulhosa. “Não é fácil ficar longe dela, bate saudade e, às vezes, sinto vontade de desistir”, conta. Para afastar esse pensamento, Lívia procura sempre se conscientizar do quão realizada, em todas as áreas, ela é: “lembro-me que, quando era criança, meu sonho era ter um emprego. Sou da roça, sei o que é passar necessidades, e, hoje, essa ajuda me permite ter uma segurança financeira melhor”, relata. A jovem já tem em mente que a carreira a ser seguida é no ramo da docência: “quero ser professora e levar ao mundo que podemos mudar a situação atual com a educação”, conclui.

Assistência estudantil

Conforme o Relatório de Gestão 2018, dos 40.178 estudantes matriculados no IFRN, 92,4% possuem renda familiar percapita menor que um salário mínimo e meio, apresentando perfil para inclusão nas ações de assistência estudantil. Nesse contexto, no último ano, houve um aumento de 7% entre os alunos atendidos por programas de assistência, sendo 11 mil atendimentos de saúde, 4.400 auxílios moradia e de transporte e 1.323 bolsas de apoio à formação estudantil em 2018.


Um dos resultados foi o aumento de 11% no Índice de Permanência e Êxito dos Estudantes, sendo um dos maiores apresentados pela Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica do país. Lívia também é beneficiária auxílio alimentação. Com o auxílio, ela tem acesso a refeições na escola todos os dias, sem se preocupar em comprar ou buscar em sua cidade, que fica cerca de 46,5 km de Pau dos Ferros.


Notícia produzida pela Assessoria de Comunicação Social e Eventos da Reitoria do IFRN.

Ações do documento

Página em carregamento