Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Zona Norte / Notícias / Alunos de Informática para Internet visitam Barreira do Inferno
ENSINO

Alunos de Informática para Internet visitam Barreira do Inferno

05/06/2018 - Visita técnica buscou despertar interesse dos jovens para carreira espacial

Alunos de Informática para Internet visitam Barreira do Inferno

No local, estudantes puderam aprender sobre funcionamento de foguetes, rovers e satélites

Nessa segunda-feira (4), os alunos do 1º ano do Curso Técnico em Informática para Internet visitaram o Centro Vocacional Tecnológico Espacial (CVT-E), que possui uma parceira com a Agência Espacial Brasileira e o IFRN. O CVT-E fica no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), localizado em Parnamirim/RN. 

"A visita teve o intuito de despertar o interesse dos jovens para a carreira espacial", revelou a professora Alba Lopes, que coordenou a aula de campo com o professor Giovanninni Batista e a bibliotecária Vanessa Cavalcanti. 

 

Como foi a visita?

A programação da aula de campo durou das 8h30min às 16h. No local, os alunos foram recebidos por um coronel da Força Aérea Brasileira que falou um pouco da sua trajetória profissional. Depois, o oficial mostrou aos estudantes uma mensagem de Marcos Pontes, o astronauta brasileiro que gravou a mensagem durante visita ao CVT-E, quando esteve na capital potiguar para a Campus Party Natal. Em seguida, as atividades foram conduzidas pelos professores João Maria Nascimento e José Soares, do Campus Parnamirim, que apresentaram aos visitantes conteúdos relacionados ao funcionamento de foguetes, rovers e satélites.

Os jovens participaram, ainda, de atividades práticas como o lançamento de um protótipo de foguete, a simulação de rovers no Espaço Marte, assim como tiveram a oportunidade de participar de oficinas de construção de cansats (satélites lata) e realizar o lançamento de satélites com o auxílio de drones. 

“Uma experiência como essa é de fundamental importância para o crescimento acadêmico e profissional dos alunos. Eles puderam vislumbrar como os conteúdos que eles aprendem nas disciplinas propedêuticas como Física, Matemática e Geografia, por exemplo, podem ser integrados com as disciplinas da área técnica de programação, contribuindo para o avanço da tecnologia. Viram também que esse aprendizado é essenciais na construção de foguetes, satélites e demais veículos de exploração espacial”, disse Alba.

 

Mais:

Para saber informações sobre a parceria do IFRN e o CVT-E, clique aqui.

Acesse as imagens da visita técnica.

Ações do documento

Página em carregamento