Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Central / Extensão / Programas e projetos 2015

Programas e projetos 2015

Nome do Projeto: Robótica para todos
Coordenador: Jose Henrique de Souza
Telefone: 9 9471-3367 / (84) 4005-9960
Email: henrique.diacin@gmail.com
Diretoria: DIACIN

Resumo:
O projeto apresenta uma proposta de inclusão tecnológica e de combate à evasão escolar dos alunos da rede pública de ensino através da robótica. A duração será de sete meses, iniciando em maio de 2015 com custo mínimo por usar materiais encontrados no lixo eletrônico. Os extensionistas projetarão e construirão os robôs que serão utilizados nos cursos ofertados às Escolas Públicas parceiras e os participantes deverão construir os robôs que competirão ao final do curso. Os resultados deste trabalho serão apresentados em congressos, feiras e exposições, bem como através de artigos científicos.

Nome do Projeto: Inclusão digital para a Melhor Idade
Coordenador: Andre Luis Firmino de Brito Barros
Telefone: 9 8848 2593 / 4005-9895 (ramal: 9895)
Email: andre.barros@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAREN

Resumo:
Vivemos um período marcado por grandes avanços tecnológicos em várias áreas do conhecimento humano, que estão repercutindo na qualidade de vida e na longevidade das pessoas. Isso está ocorrendo não só em países de primeiro mundo, mas também nos países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil. Os idosos são pessoas ativas, participativas da sociedade, não podendo ser excluídas dos benefícios trazidos pelos recursos tecnológicos da atualidade. Diante disso, este projeto de extensão tem como principal objetivo promover a inclusão digital das pessoas da comunidade que estão na faixa etária conhecida como “Melhor Idade” (a partir de 50 anos de idade), através da aprendizagem no manuseio dos computadores, na utilização de seus programas, no uso da internet como meio de socialização e no conhecimento das novas tecnologias existentes, contribuindo com a reciclagem, a atualização, a autoestima e a socialização destas pessoas, levando-as ao conhecimento digital de modo que possam se tornar protagonistas desses novos saberes sociais. Neste projeto, será oferecido um curso básico de informática com carga horária de 30 horas/aula presenciais por turma, num total de 3 turmas, sendo 3 horas/aula por dia (com intervalo de 15 minutos), 2 vezes na semana e cada turma terá o máximo de 20 alunos (beneficiará cerca de 60 pessoas da Melhor Idade da comunidade). Nossos custos operacionais serão as apostilas que serão fornecidas aos alunos e um laboratório de informática equipado para o exercício das atividades que será fornecido pelo próprio Campus. Com isto, iremos ratificar o compromisso social do IFRN junto a sua comunidade.

Nome do Projeto: Formação de Banda de Metais do CNAT
Coordenador: Roderick Fonseca dos Santos
Telefone: 9 9925 1011 / 4005-9920 (ramal: 9920)
Email: roderick.fonseca@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAC

Resumo:
Este projeto propõe implementar aulas de música para instrumentos de metais com o objetivo de formar um grupo musical focado no retorno da Banda de Música no CNAT. Para isso contamos com um arsenal de instrumentos novos, contabilizando mais de trinta instrumentos de sopro incluindo saxofones, trompetes e trombones e flautas transversais. Além de inumeráveis instrumentos de percussão. O diferencial deste projeto é que ele agregará a comunidade interna e externa. Além disso, promoverá a musicalização dos estudantes, alimentados pela convicção de que a cultura, através da linguagem universal da música, pode ampliar as perspectivas de conquistas pessoais e profissionais dos participantes e, consequentemente, de toda a sociedade. É muito mais que a busca por formar músicos, é desenvolver o espírito crítico, fazer com que se conheça as raízes da música, e com isso despertar o gosto musical, socializar e incentivar ações artísticas no CNAT.

Nome do Projeto: Desenvolvendo aulas laboratoriais de Ciência para estudantes da Rede Pública Municipal de Ensino de Natal/RN
Coordenador: Adriana Claudia Camara da Silva
Telefone: 9 9984 4776 / 4005-9920
Email: adriana.silva@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAC

Resumo:
As aulas práticas apresentam um papel fundamental na qualidade do ensino de ciências na visão dos discentes. O ensino de ciência tem sido um desafio para os educadores, principalmente pela forma mecânica como os conteúdos são abordados. A utilização dos laboratórios de Biologia, Física e Química da Diretoria Acadêmica de Ciências do Campus Natal Central para atividade de aulas experimentais de ciências como recurso didático no processo ensino aprendizagem de ciências para estudante do 9º ano do ensino fundamental tem o intuito de desenvolver no discente a capacidade de observação, sendo fundamentais na construção de um indivíduo crítico e atuante na sociedade. Portanto, o presente projeto busca realizar aulas práticas de ciências para as escolas Municipais da Rede Pública de Ensino de Natal-RN, enfatizando estudantes do 9º ano do ensino fundamental II.

Nome do Projeto: Atelier de Portas Abertas
Coordenador: João David Junior
Telefone: 99147 0519 / 4005-9920 / 4005-9924
Email: david.junior@ifrn.edu.br / david_2000@bol.com.br
Diretoria: DIAC

Resumo:
O Projeto "Atelier de Portas Abertas" foi planejado como atividade a ser desenvolvida regularmente no ano letivo de 2015, com o objetivo de ofertar a alunos e servidores, estendendo para a comunidade externa, as atividades desenvolvidas no Atelier de Artes Visuais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, localizado no Campus Natal Central. O projeto em pauta para o ano vigente tem como proposta prática o desenvolvimento de habilidades artísticas dos participantes, em suas mais diversas modalidades, articulando-as a uma abordagem didática acerca de temas da História da Arte, de modo a propiciar ao público participante o conhecimento sobre artistas, obras e estilos do universo artístico e, ao mesmo tempo, oferecendo-lhe uma dinâmica de trabalho de caráter interdisciplinar, lúdico e experimental, que permita inseri-los no universo das artes visuais. Tal proposta incentiva a leitura e apreciação estética aliada ao desenvolvimento e ao aprimoramento das habilidades artísticas dos participantes, explorando a descoberta e o experimento de novos materiais e suportes artísticos.

Nome do Projeto: Atletismo: correr para a vida
Coordenador: Ivana Lúcia da Silva
Telefone: 99663 6636 / 4005-9853
Email: ivana.silva@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAPE

Resumo:
Por ser considerado por muitos como um esporte de base aos demais, o atletismo instiga movimentos naturais de saltar, correr e lançar. Dessa forma, o objetivo geral deste projeto é expandir esta modalidade aos alunos/as do CNAT/IFRN e das escolas próximas a este campus, contemplando seu caráter educacional, social e competitivo. Em relação às metodologias a serem abordadas no decurso do projeto serão utilizados jogos pré-desportivos da modalidade de atletismo que abordam as habilidades motoras do correr, saltar, marchar, lançar/ arremessar; aulas teóricas e práticas que abordam as regras, as técnicas, bem como o ciclo de treinamento esportivo: preparação de base e de competições. A principal referência do trabalho desenvolvido neste projeto é da Iniciação Esportiva Universal 1 e 2 de Greco & Benda (1998) e Greco (1998), respectivamente, bem como das metodologias abordadas pelo Miniprojeto de atletismo da Confederação Brasileira de Atletismo que tem como princípios oferecer um atletismo atraente, acessível e instrutivo (Cbat, 2011). A divulgação deste projeto, bem como os objetivos atingidos, será apresentada através de trabalhos científicos dos Institutos Federais tanto a nível local, estadual e Nacional, através de comunicação oral e de pôster. E também, o envio de artigos para revistas e livros relacionados à área da Educação, Educação Física, do IFRN e Saúde.

Nome do Projeto: Basquete Integrador
Coordenador: Dario Zivomar Flexa Maia
Telefone: 9 8726 2015 /  4005-9871
Email: dario.maia@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAC

Resumo:
Ao observarmos que a maioria das escolas da rede municipal e estadual não oferecem a oportunidade de vivenciar as práticas desportivas aos seus alunos, devido à falta de instalações físicas adequadas ou de professores habilitados, sentimos a necessidade de oportunizar aos jovens estudantes na faixa etária de 12 a 14 anos, masculino e feminino das escolas de entorno do IFRN, a prática desportiva, com orientações adequadas no decorrer do processo ensino/aprendizagem, que privilegie o ensino do basquetebol, e como alternativa de educar e aliar ao desenvolvimento da cidadania e do convívio social, valorizando o basquete como incentivo esportivo, sem discriminações por razões culturais, sociais ou de gênero, e o lazer como instrumento de inserção social, proporcionando melhor qualidade de vida.

Nome do Projeto: Segurança e saúde nas escolas: formando multiplicadores
Coordenador: Ramon Evangelista dos Anjos Paiva
Telefone: 9 8155 9554 / 4005-9951 (ramal: 9951)
Email: ramon.paiva@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAREN

Resumo:
A segurança no trabalho é um fator importante na vida dos profissionais, pois visa à qualidade de vida das pessoas que ali desenvolvem suas atividades ocupacionais e elimina riscos de acidentes e possível surgimento de doenças relacionadas ao seu ofício. Porém, já se pode ter um relativo avanço nesta área, já que se conseguiu um grande apoio dos governantes que criaram uma Lei Federal nº 12.645 em 16 de maio de 2012, instituindo 10 de Outubro como o Dia Nacional da Segurança e Saúde nas Escolas. O objetivo geral do estudo é desenvolver no âmbito escolar uma cultura de prevenção de acidentes e de promoção à saúde através da educação em saúde. Trata-se de um projeto de intervenção nas escolas no qual o foco será escolas públicas que aceitem a instrução de temas relativos à prevenção de acidentes dentro do ambiente escolar alcançando professores, alunos, pais e demais profissionais do meio. A prevenção de riscos e doenças “laborais” (àquele ambiente) se dá por meio de instruções, incentivos e apresentações educativas, onde estudantes e funcionários aprendem como lidar em situações onde presenciem descuidos e riscos que causem danos à saúde e integridade tanto deles mesmos quanto de outras pessoas ao seu redor. As atividades iniciarão dia 05 de maio e se estenderão até 30 dezembro de 2015. O acompanhamento será realizado através de Relatórios Mensais descrevendo as atividades realizadas e os resultados obtidos em cada ação. Espera-se que através destas atividades possamos fortalecer ou criar uma cultura de prevenção de acidentes nas escolas. Será realizado um Relato de Experiência para publicação e apresentação em congressos científicos na área, assim como a produção de um Relatório Final do Projeto de Extensão.

Nome do Projeto: Projeto Fraldinha
Coordenador: Valmir de Lucena Fernandes
Telefone: 9 8811 4527 / 4005-9998 (ramal: 9998) / (84) 4005-9881
Email: valmir.lucena@ifrn.edu.br
Diretoria: DIREX

Resumo:
O Projeto Fraldinha teve início em 1992, quando o professor Nivaldo Calixto Torres, aposentado do IFRN, preocupado com a situação de risco e vulnerabilidade em que viviam muitas crianças do bairro em que reside, resolveu criar um grupo de escoteiros ecológicos dentro do NEMB – Núcleo Ecológico do Morro Branco, fundado por ele em maio de 1992. No entanto, o mencionado Projeto vem passando por várias dificuldades de ordem estruturante, gerencial e financeiro, uma vez que o idealizador e atual responsável pela articulação das atividades do projeto passa por problemas pessoais de saúde. Para o desenvolvimento deste projeto institucional e de inclusão social, serão selecionados 200 crianças e adolescentes que residem no entorno do Campus Natal Central e em bairros periféricos da capital do RN, em áreas de riscos sociais, que participarão de atividades esportivas, socioeducativas, de cunho inclusivo com foco no lazer, no respeito ao próximo, na ética, na dignidade humana, na responsabilidade e valorização da vida. Além das atividades esportivas e de lazer, 20 alunos com idade escolar, do 6º ao 9º ano, serão selecionados para participar de um piloto com aulas de xadrez, matemática, ética e cidadania, durante uma vez por semana, com a finalidade de incentivá-los à participação no PROITEC.

Nome do Projeto: Hidroginástica funcional: atividades aquáticas para o atendimento da demanda social externa do IFRN
Coordenador: Edna de Oliveira Evaristo
Telefone: 4005-9920 (ramal: 9920) / (84) 4005-9924
Email: edna.evaristo@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAC

Resumo:
O presente projeto aborda a questão da oferta da prática de atividades aquáticas de Hidroginástica funcional para a comunidade externa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Campus Natal Central, com o objetivo de promover aos participantes o acesso à prática de exercícios de hidroginástica de forma supervisionada, com orientações didáticas e metodológicas. No intuito de obter resultados relevantes referentes aos benefícios, desenvolvendo a capacidade respiratória, a força muscular, a melhoria da fadiga corporal, promovendo assim a qualidade de vida dos praticantes.

Nome do Projeto: Natação funcional: oferta da prática de atividades aquáticas para a comunidade externa do IFRN
Coordenador: Raimundo Antonio Gomes Dourado
Telefone: 9 8760 0339 / 4005-9920 (ramal: 9920)
Email: raimundo.dourado@ifrn.edu.br
Diretoria: DIAC

Resumo:
O presente projeto enfocar a importância do ensino da natação funcional de forma orientada, visto que o estado do Rio Grande do Norte é uma região extremamente costeira na qual é frequente acidentes por afogamentos nesta área litorânea, em especial nas praias da cidade do Natal-RN. Neste será ministrado os conceitos dos benefícios da natação a prática dos tipos de nado: livre, costa, peito, borboleta, medley, viradas e saídas dos nados, objetivando ensinar aos participantes a aprendizagem das técnicas dessa modalidade. As aulas serão ministradas no complexo aquático do IFRN, sendo nos dias de terças-feiras e quintas-feiras, no horário das 18h às 19h, visando, assim, a promoção da aprendizagem da natação, a qualidade de vida por meio da prática de atividades físicas e a sua segurança em meio aquoso, informando a respeito da questão da consciência e da responsabilidade na prática da natação, tendo como público alvo a comunidade externa do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN, por meio de critérios seletivos.

Nome do Projeto: Projeto Aprendendo a Nadar
Coordenador: Maria Soares de Macedo
Telefone: 98828-9339 / 98132-6240 / 4005-9856 (ramal: 9856)
Email: masoarma@gmail.com / maria.soares@ifrn.edu.br
Diretoria: DIREX

Resumo:
O projeto Aprendendo a Nadar não visa tornar o indivíduo em um nadador nato e sim descobrir qual a raiz do problema, que impossibilita a execução de exercícios simples, mas de total importância na aprendizagem do nado em si, tais como: prender a respiração, flutuar, mergulhar, dentre outros. Para que sejam alcançados esses objetivos é preciso realizar um trabalho minucioso, tendo como base a paciência e um acompanhamento individualizado e constante por parte de quem está à frente do processo. Apesar de parecer simples para muitos, o ato de colocar o rosto dentro d´agua ou até mesmo embaixo de um chuveiro torna-se uma tortura para o hidrofóbico, por este motivo é preciso introduzir técnicas e procedimentos diversificados, como a utilização de objetos flutuantes, pesos, dentre outros, na tentativa de encontrar a solução para cada indivíduo, tornando-o confiante em si mesmo. Além disso, é preciso aplicar estas técnicas sem imposições, pressa, ou demonstrações de desânimo, acompanhando e realizando cada exercício junto a ele, tornando-se parte do processo de evolução do aluno.

Nome do Projeto: NEPP - Núcleo de Extensão e Prática Profissional
Coordenador: Maria Cleide Ribeiro de Oliveira
Telefone: 99985 6396 / 4005-9968 / (84) 4005-9969
Email: cleide.oliveira@ifrn.edu.br
Diretoria: DIACON

Resumo:
De acordo com o Projeto Político Pedagógico do IFRN, e, sendo a extensão um elo de integração entre a Instituição e os setores produtivos da sociedade local, busca-se atender ao público interno e externo, garantindo a participação da comunidade. Pensando nisso, o NEPP propõe à prestação gratuita de serviços (preferencialmente famílias com renda de até 03 salários mínimos). Essa prestação de serviços, nesse ponto, une-se à necessidade do desenvolvimento de atividades práticas, próprias do mercado de trabalho da área, para fixar e desenvolver conhecimentos, além de possibilitar a geração de um relatório de final de curso, necessário à obtenção do diploma de técnico. Assim, nesse contexto, o aluno também terá a oportunidade de por em prática o que aprendeu nas disciplinas técnicas e as medições e representações gráficas serão atividades desenvolvidas, sendo proporcionadas através do Desenho Arquitetônico com os softwares AutoCAD, SketchUp, 3DsMax e Revit. Dessa forma, pode-se perceber várias das vantagens desse trabalho, interligando a extensão com o ensino, quando das disciplinas cursadas. De acordo com o edital para este processo seletivo, a duração máxima do projeto fica fixada em 07 meses e o seu custo, haja vista os resultados esperados, é relativamente baixo, ficando estimado na ordem de R$3.500,00, para bolsa de coordenador e R$3.640,00 para bolsas de alunos durante todo o período de vigência anual, uma vez que a DIACON do IFRN-CNAT já disponibiliza o espaço físico, equipado com computadores, além dos instrumentos de medição necessários para sua execução. Por sua vez, o setor de transportes, disponibiliza, uma vez por semana, o carro e o motorista para a ida aos terrenos/edificações visitados.

Ações do documento

Página em carregamento