Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Central / Cursos / Cursos de Graduação / Engenharia de Energia

Engenharia de Energia



Curso Superior de Engenharia de Energia

Reitor: Wyllys Abel Farkatt Tabosa
Pró-Reitor de Ensino: 
Agamenon Henrique de Carvalho Tavres
Diretor-Geral do Campus Natal-Central: 
José Arnóbio de Araújo Filho
Diretora de Ensino do Campus Natal-Central: 
Tânia Costa
Diretor Acadêmico de Indústria: 
Gilson Garcia da Silva
Coordenador do Curso de Engenharia de Energia: 
Ricardo Ferreira Pinheiro Filho

CARGA HORÁRIA

DURAÇÃO DO CURSO  

ENGENHARIAS IV

ATO DE AUTORIZAÇÃO

4.124 horas 

10 semestres

 

Resolução nº 38/2015-CONSUP, de 20/11/2015.

Quadro de professores

Nome

Titulação

Vínculo Empregatício

Regime de Trabalho

Participa do NDE

Albérico Teixeira Canário de Souza

Mestrado

RJU

DE

 

Augusto César Fialho Wanderley

Mestrado

RJU

DE

sim

Caubi Ferreira de Souza Junior

Doutorado

RJU

DE

 

Celina Leal Mendes da Silva

Doutorado

RJU

DE

 

Cleber Medeiros de Lucena

Mestrado

RJU

DE

 

Domingos Sávio de Araújo Paulo

Doutorado

RJU

DE

 

Eduardo Bráulio Wanderley Netto

Doutorado

RJU

DE

 

Eduardo Janser de Azevedo Dantas

Mestrado

RJU

DE

 

Elisângela Cabral de Meireles

Mestrado

RJU

DE

 

Emanuel Gomes Lourenço

Mestrado

RJU

DE

 

Francisca Elisa de Lima Pereira

Doutorado

RJU

DE

 

Francisco Assis de Oliveira

Especialização

RJU

DE

 

Gilson Garcia da Silva

Doutorado

RJU

DE

 

Handson Cláudio Dias Pimenta

Mestrado

RJU

DE

 

Igor Marcel Gomes Almeida

Doutorado

RJU

DE

sim

Ítalo Raimundo de Souza

Mestrado

RJU

DE

 

Jacques Cousteau da Silva Borges

Doutorado

RJU

DE

 

Jean Leite Tavares

Doutorado

RJU

DE

 

João Maria Filgueira

Mestrado

RJU

DE

 

Jorge Magner Lourenço

Doutorado

RJU

DE

 

José Adriano da Costa

Mestrado

RJU

DE

 

José Henrique de Souza

Mestrado

RJU

DE

sim

Klismeryane Costa de Melo

Doutorado

RJU

DE

 

Leonardo Andrade Medeiros

Mestrado

RJU

DE

 

Manoel Fernandes de Oliveira Filho

Doutorado

RJU

DE

 

Marcelo de Souza Marques

Doutorado

RJU

DE

 

Marcus Alexandre Diniz

Doutorado

RJU

DE

 

Maria Rosimar de Sousa

Doutorado

RJU

DE

 

Michelle Sinara Gregório Dantas

Doutorado

RJU

DE

sim

Neilton Fidelis da Silva

Doutorado

RJU

DE

 

Paulo Cavalcante da Silva Filho

Doutorado

RJU

DE

 

Rafael Nunes de Almeida Prado

Doutorado

RJU

DE

sim

Ricardo Ferreira Pinheiro Filho

Doutorado

RJU

DE

sim

Roberto Silva de Sousa

Doutorado

RJU

DE

 

Roberto José Monteiro de Souza

Doutorado

RJU

DE

 

Rogério Campos de Oliveira

Mestrado

RJU

20h

 

Romilson do Nascimento Barros

Mestrado

RJU

DE

 

Rosiney Araújo Martins

Doutorado

RJU

DE

 

Samir Cristino de Souza

Doutorado

RJU

DE

 

Thiago Medeiros Barros

Mestrado

RJU

DE

 

Walmy André Cavalcante Melo da Silva

Mestrado

RJU

20H

 

Washington Luiz da Silva Martins

Doutorado

RJU

DE

 

Perfil profissional:

O engenheiro de energia será formado para se dedicar a todas as etapas dos mais diversos segmentos do setor produtivo e energético: desde a obtenção de matéria prima; emprego de sistemas motrizes que façam uso de recursos energéticos renováveis ou não, incluindo-se aqueles que operam tanto à base de eletricidade quanto da combustão de recursos fósseis ou minerais; o setor elétrico como um todo, englobando o gerenciamento de sistemas de geração, transmissão, distribuição e aplicações de energia elétrica; gerenciamento e consumo de energia motriz e/ou térmica nas mais diversas aplicações industriais, comerciais, agrícolas, domésticas; além do gerenciamento da produção e operação de plantas industriais e gestão industrial em geral.

Mercado de trabalho:

A forte demanda por recursos e eficiência energética cria uma imperiosa necessidade das indústrias modernizarem-se. A descoberta do pré-sal e a ameaça da crise hídrica que alavancou a diversificação da matriz energética e a expansão do setor elétrico do País também exercem forte influência na necessidade por profissionais habilitados a compreender o setor energético com maior profundidade e dimensionalidade. A definição de um perfil profissional fortemente associado às necessidades do setor produtivo industrial, habilitado a operar parques de produção industrial dos mais diversos setores como compromisso firmado pelo IFRN também amplia fortemente a abertura do campo de exercício profissional para o engenheiro de energia.

Turno:

Integral 

Estágio e TCC:

A prática profissional, cujo mínimo é de 400 (quatrocentas) horas, será desenvolvida através do estágio curricular por meio de projeto, estudo de caso, pesquisa ou outra atividade correlata. Ambas poderão ser desenvolvidas a partir do 9º período de curso. O aluno realizará o estágio de acordo com todas as normas previstas no regulamento dos cursos superiores ofertdos pelo IFRN e terá registrado em seu histórico acadêmico as correspondentes atividades e carga horária do estágio.

Formas de ingresso:

O ingresso para o curso de Engenharia de Energia se dará por meio de processo seletivo nacional unificado, via SiSU, através da nota obtida pelo candidato na prova do ENEM.

Duração:

A carga horária total do curso é de 4.124 horas.

Acesso: Projeto Pedagógico do Curso

Atualmente não existem itens nessa pasta.

Ações do documento

Página em carregamento