Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Central / Colegiados / Colégio Gestor

Colégio Gestor

(Aprovado pela Resolução nº. 17/2011-CONSUP/IFRN, de 01/07/2011, p.5-6)

Art. 11. Composição:
O Colégio Gestor é o órgão consultivo de apoio técnico-político à gestão em cada Campus, composto dos seguintes membros:
I. o Diretor-Geral, como Coordenador;
II. o Diretor de Administração;
III. o(s) Diretor(es) Acadêmico(s);
IV. o Diretor de Ensino ou o dirigente da Unidade de Apoio Acadêmico;
V. o Dirigente da Unidade de Assuntos Estudantis;
VI. o Dirigente da Unidade de Extensão;
VII. o Dirigente da Unidade de Gestão de Pessoas;
VIII. o Dirigente da Unidade de Gestão de Tecnologia da Informação;
IX. o Dirigente da Unidade de Pesquisa e Inovação.

§ 1°. Nos Campi que dispõem em suas estruturas administrativas de Unidade Agrícola ou Industrial, deve ser acrescido mais um membro à composição acima detalhada, a ser ocupado pelo dirigente de tal Unidade.
§ 2°. No caso dos Campi Avançados e do Campus de Educação à Distância, a quantidade de membros do Colégio Gestor deverá ser ajustada ao número e à correlação das respectivas Unidades Administrativas.
§ 3°. Nas faltas e impedimentos dos titulares, part iciparão do Colégio Gestor, na condição de suplentes, os seus respectivos substitutos legais.
§ 4°. O Colégio Gestor será secretariado por servid or designado pelo Diretor-Geral do Campus.
§ 5°. Poderão participar das reuniões do Colégio Ge stor outros dirigentes, na condição de convidados, conforme especificidades de cada Campus.

Art. 12. Competências:
I. acompanhar as ações previstas nos planos de ação e em projetos e programas do Campus;
II. atuar na definição e execução das políticas de planejamento do Campus;
III. elaborar estudos e avaliar propostas submetidas pela Direção-Geral;
IV. estruturar-se como espaço coletivo de construção das políticas do Campus;
V. opinar nas políticas de gestão de pessoas do Campus;
VI. promover a socialização e o desenvolvimento de ações integradas entre as diversas áreas sistêmicas de atuação no Campus;
VII. subsidiar a Direção-Geral no processo de execução orçamentária anual no âmbito do Campus.
VIII. avaliar pedido de cessão de servidores do Campus para outros órgãos da administração pública federal, estadual e municipal, analisando os motivos, conveniência e oportunidade, observada a legislação vigente;

Ações do documento

Página em carregamento