Você está aqui: Página Inicial / Campi / João Câmara / Institucional / Histórico

Histórico

Campus JC



Não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, no trabalho, na ação-reflexão.

Paulo Freire

 

 

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte -  IFRN - Campus João Câmara integra a II Fase do Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, do Ministério da Educação, iniciada em 2007, e atende a todas as cidades que compõem a região do Mato Grande. O Campus tem por objetivo promover a educação no âmbito científico, técnico, tecnológico e humanístico, visando à formação integral do profissional-cidadão em uma perspectiva crítico-reflexiva, para atuar eticamente no mundo do trabalho a partir de um compromisso efetivo alinhado às transformações sociais, políticas e culturais.

Na perspectiva de atender às demandas sociais e aos arranjos produtivos da região, o IFRN – Campus João Câmara, tem como eixo tecnológico Controle e Processos Industriais e Gestão e Negócios. O Campus atua na educação profissional técnica de nível médio oferecendo os cursos de Administração, Eletrotécnica e Informática, nas modalidades Integrado e Subsequente; técnico integrado na modalidade EJA em cooperativismo; na educação profissional tecnológica de graduação com o curso de Tecnólogo em Energias Renováveis, na formação inicial e continuada de professores, com ofertas no Curso de Licenciatura Plena em Física e na pós-graduação com cursos de especialização, tais como: especialização em geografia do Semi-Árido, especialização em educação do campo – Saberes da Terra, especialização em gestão da educação do campo e EJA e, em fase de elaboração, o curso de especialização em ensino de ciências.

Todo o processo formativo dos discentes e docente norteia-se no diálogo entre as dimensões do Ensino, da Pesquisa e da Extensão. Entendendo que como Instituição temos como função social contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região, assim, buscamos promover ações para além dos muros da escola na perspectiva de que, efetivamente, conhecimento e informação revertam-se em atitudes transformadoras, conforme pede o novo modelo de sociedade.

Ressaltamos, por fim, que entendemos que gestão se faz com a participação de todos. Por isso, o Campus João Câmara prima pela tomada de decisões ancoradas na escuta da comunidade escolar, representada pelos diversos segmentos, seja pelos colegiados de cursos, pelos conselhos e pelo comitê gestor.

Ações do documento

Página em carregamento