Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Notícias / Projetos desenvolvidos no Campus Canguaretama são apresentados no XII CONNEPI
Pesquisa e Inovação

Projetos desenvolvidos no Campus Canguaretama são apresentados no XII CONNEPI

03/01/2019 - Acompanhados pelo professor Márcio Marreiro, os discentes participaram do evento que aconteceu em Recife/PE

Projetos desenvolvidos no Campus Canguaretama são apresentados no XII CONNEPI

Delegação do IFRN - Campus Canguaretama no XII CONNEPI

Em novembro de 2018, aconteceu a 12ª edição do Congresso Norte Nordeste de Pesquisa e Inovação (CONNEPI) no Centro de Convenções de Recife, Pernambuco. Com a coordenação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) e do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), o evento contou com a presença de estudantes, professores, profissionais e pesquisadores de todo o país que discutiram sobre ideias a respeito da temática “Os dez anos da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica”. A delegação do IFRN – Campus Canguaretama foi composta por seis alunos acompanhados pelo Professor e Diretor Acadêmico em Exercício, Dr. Márcio Marreiro das Chagas.

 

Na ocasião, apresentaram trabalhos aprovados no CONNEPI os(as) alunos(as) Luana Priscila Silva Rocha, Jéssica Caroline Ramos Fernandes, Cleisson Ailton de Matos da Silva e Jonatas Pedro da Silva do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo (Gestur), a aluna Maria Wiedelania Ferreira de Lima, do Curso de Licenciatura em Educação do Campo (Ledoc) e o discente Simeone Gregório dos Santos, do Curso Técnico Integrado em Informática.

 

É importante destacar que a participação nesse evento proporcionou aos alunos a prática dos saberes apreendidos em sala de aula e o compartilhamento de suas experiências em pesquisa e inovação. Segundo a aluna Luana Rocha, “Foi muito interessante apresentar o nosso projeto no CONNEPI, a análise do potencial de desenvolvimento do turismo criativo [...] tive a oportunidade de mostrar um pouco dos atrativos e cultura da aldeia indígena do Catu, como também apresentar e debater com os presentes a proposta de desenvolvimento local do nosso projeto”, Luana ainda conclui que o projeto, orientado pelo professor Márcio Marreiro, e a participação no evento contribuiu “bastante para a minha vida acadêmica, principalmente em aprendizado e experiência. Sem dúvida foi bastante gratificante poder participar de um evento de tal porte, com um projeto meu, ou melhor, nosso”.

 

Os trabalhos originados dos projetos de pesquisa e inovação desenvolvidos no Campus aprovados no evento foram:

 

1 - Análise do potencial de desenvolvimento do turismo criativo na aldeia indígena do catu, desenvolvido pelos discentes Luana Priscila Silva Rocha e Vandregefson da Costa Arcanjo, e do Prof. Dr. Márcio Marreiro das Chagas e fomentado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), por meio do seu Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC);

 

2 - Análise da percepção dos residentes ao apoio do desenvolvimento turístico, impactos positivos, negativos e nível de interação, de autoria do discente Cleisson Ailton de Matos da Silva e do Prof. Dr. Márcio Marreiro das Chagas, fomentado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), por meio do seu Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – Ações Afirmativas (PIBIC-AF);

 

3 - Análise da imagem do destino turístico Canguaretama/RN sob a percepção da comunidade local, de autoria da aluna Jéssica Caroline Ramos Fernandes e do Prof. Dr. Márcio Marreiro das Chagas, fomentado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), por meio do seu Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC)

 

4 - Educação ambiental no PEMP: a importância do assessoramento às iniciativas da escola municipal Vicência Castelo, dos discentes Jonatas Pedro da Silva, Matheus Weslley Cruz de Souza e Cristiane Silva Barbosa, com a professora Ana Neri da Paz Justino;

 

5 - Icult: site e aplicativo para divulgar a identidade cultural da cidade de Canguaretama-RN, com o aluno Simeone Gregório dos Santos, e os professores doutores Bruno Gomes de Araújo e Magda Renata Marques Diniz;

 

6 - Perfil socioeconômico do acampamento José Martí, no município de Canguaretama – RN, de autoria de Maria Wiedelania Ferreira de Lima, da professora Tatiana de Oliveira Calado, Elisson Souza de Oliveira e Jarbas José do Nascimento.

 

Representando um conjunto de 19 instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, o XI CONNEPI também teve a colaboração da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (SETEC) e do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF). Assim, é válido citar que esse congresso, mediante a apresentação de pesquisas de seus participantes, contribui com o desenvolvimento técnico-científico de repercussão em toda a sociedade.

Ações do documento

Página em carregamento