Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Notícias / Professor do Campus Canguaretama faz mediação de mesa no I Encontro Potiguar Geoparque Seridó
Pesquisa e Inovação

Professor do Campus Canguaretama faz mediação de mesa no I Encontro Potiguar Geoparque Seridó

04/01/2019 - O Professor e Diretor Acadêmico em Exercício, Dr. Márcio Marreiro, realizou a mediação do painel “Produção científica e o território do Geoparque Seridó”

Professor do Campus Canguaretama faz mediação de mesa no I Encontro Potiguar Geoparque Seridó

Painel “Produção científica e o território do Geoparque Seridó”. Foto: Geoparque Seridó

Em novembro, na cidade de Currais Novos, aconteceu o I Encontro Potiguar Geoparque Seridó: do sonho à realidade, evento que buscou discutir e aprofundar os debates sobre a consolidação do Projeto Geoparque Seridó. O evento foi promovido pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do CERES Currais Novos, sob a coordenação do prof. Dr. Marcelo Taveira.

 

Na ocasião, dentre os palestrantes, esteve presente o Professor e Diretor Acadêmico em Exercício, Dr. Márcio Marreiro, que tratou de discutir a “Produção científica e o território do Geoparque Seridó”, no painel de dissertações, com os palestrantes Cristiane Soares Cardoso (UFRN), Janaina Luciana de Medeiros (UFRN) e Matheus Lisboa Nobre da Silva (UFRJ​).

 

Em sua fala, o professor Márcio Marreiro destacou a relevância dos estudos desenvolvidos pelos palestrantes e pela UFRN, que cobrem desde a inventariação e diagnóstico do Geoparque Seridó, como também análises mais profundas e sofisticadas, incluindo proposições de modelos de gestão próprios e realização de benchmarking. Para ele, “A participação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) neste processo foi inestimável, pois sem ela seria até difícil pensar a concepção do Geoparque, este case de sucesso do Seridó, uma vez que esta proposta fundada pelo Prof. Dr. Marcos Nascimento (Departamento de Geologia da UFRN) nasceu, cresceu e se consolida sob a sua gestão, junto a UFRN e com Janaina Luciana de Medeiros, Assessora de Atividades Operacionais (Projeto Geoparque Seridó) da SEMTUR de Currais Novos”.

 

Além disso, ao destacar que todas as inovações e proposições realizadas no evento já estão desenvolvidas ou em desenvolvimento dentro de instituições de ensino como a própria UFRN e também o IFRN, o que demonstra o quão avançado e bem elaborada é a proposta e a implementação do Geoparque, conclui afirmando o papel crucial destas duas instituições para todos os projetos de desenvolvimento do Rio Grande do Norte, sendo pilar não apenas desta proposta, mas de inúmeras outras de grande relevância para o desenvolvimento local e regional.

 

O professor ainda afirma que “recomenda a todos uma visita a cada um dos geossítios para que possam desfrutar de uma experiência única no turismo potiguar”. Para conhecer melhor a proposta do Geoparque Seridó basta acessar o site http://www.geoparqueserido.com.br/ e baixar o aplicativo com os roteiros contendo todos os geossítios distribuídos no território do Geoparque, este que perpassa várias cidades do Seridó Potiguar.

Ações do documento

Página em carregamento