Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Notícias / Alunos do Campus Canguaretama apresentam projetos na 5ª Feira de Municípios e Produtos Turísticos do RN
Pesquisa e Inovação

Alunos do Campus Canguaretama apresentam projetos na 5ª Feira de Municípios e Produtos Turísticos do RN

04/06/2019 - Os projetos estão ligados ao NTurTec e ObservaturSul e foram apresentados no Centro de Convenções de Natal

Alunos do Campus Canguaretama apresentam projetos na 5ª Feira de Municípios e Produtos Turísticos do RN

Equipe que apresentou os projetos do Campus Canguaretama na 5ª FEMPTUR

No Centro de Convenções de Natal, alunos do IFRN – Campus Canguaretama, sob orientação do Professor e Coordenador de Pesquisa e Inovação, Márcio Marreiro das Chagas, apresentaram seus projetos na 5ª Feira de Municípios e Produtos Turísticos do RN, convidados pelo Pró Reitoria de Extensão da instituição, Thiago Loureiro. Na ocasião estiveram presentes também alunos e professores do Campus Cidade Alta com os projetos desenvolvidos naquela unidade do IFRN. Do Campus Canguaretama, os alunos a apresentarem os projetos foram Luana Priscila Silva Rocha (bolsista PIBIC-CNPQ), Ana Karina Tertuliano da Conceição, Maria José dos Santos Pimentel (bolsista PIBIC-PROPI-IFRN), João Paulo Serafim Felix e Arione Arantes Bonfim Júnior (bolsista PIBIC-CNPQ).

Ao falar da experiência de participação no projeto e no evento, a discente e bolsista, Maria Pimentel, afirma a alegria em apresentar sua aldeia indígena a partir do roteiro étnico desenvolvido em seu projeto, a proposta de turismo criativo no Catu, e conclui falando: “Minha participação na Femptur foi uma experiência enriquecedora, [...] nós estudantes do IFRN tivemos o grande prazer de apresentar nossos projetos para a sociedade, para o público em geral, proporcionando a abertura de um leque de conhecimento sobre o turismo, tanto para os participantes da feira como para nós mesmos, [...] posso afirmar que levaremos para nossa vida profissional toda esse aprendizado proporcionado”. Em complemento, a discente Ana Karina Tertuliano fala que "foi uma experiência única, algo que eu vou levar por muito tempo, como conhecimento e aprendizado. Desenvolver os projetos e apresentar para as pessoas que foram visitar o evento foi uma forma de enxergar o quanto as pesquisas e os estudos com relação ao turismo são importantes para a sociedade [...]”.

Os projetos fazem parte do Núcleo de Excelência em Estudos, Tecnologia e Inovação para o Mercado Turístico do Litoral Sul e Agreste Potiguar (NturTec) e Observatório de Turismo do Litoral Sul e Agreste Potiguar (ObservaturSul), ambos coordenados pelo professor Márcio Marreiro (Professor e Coordenador de Pesquisa e Inovação), que têm como objetivo realizar pesquisa aplicada, como também ações de extensão junto ao NEPP de Turismo, tais como apoiar, capacitar e assessorar as secretarias municipais de turismo do Litoral Sul e Agreste e comunidades da região em projetos de desenvolvimento turístico em parceria com a iniciativa privada e terceiro setor.

Na Femptur foram apresentados os projetos que estão em andamento, a maior parte em parceria com membros da iniciativa privada, terceiro setor e as secretarias municipais de turismo e prefeituras, tais como a secretarias de Vila Flor, Pedro Velho, Canguaretama, Baía Formosa, Serra de São Bento, Parnamirim, Nísia Floresta, Arez, Pipa/Tibau do Sul, entre outras que estão em discussão ou implementação. Nos dois últimos municípios não há parceria formalizada com o poder público municipal ainda. Os projetos atendem algumas dimensões já desenvolvidas, tais como inventariação, diagnóstico e planejamento estratégico; roteirização turística integrada e com ferramentas inteligentes; estruturação de conselhos municipais, planos, fundos de recursos e outras leis; promoção de eventos artístico-culturais; monitoramento do comportamento do turista; elaboração de projetos para captação de recursos externos, formatação de novos produtos turísticos, consultorias, entre outros. Com estas ações, espera-se contribuir com o estímulo ao desenvolvimento da atividade turística local através de inovações tecnológicas, promoção dos destinos e que estabeleça as diretrizes do planejamento do turismo nas cidades atendidas. Espera-se contribuir também como um instrumento de suporte ao poder público na elaboração de projetos e ações, tendo como imperativo a intensa participação e forte poder de decisão dos atores sociais locais.

 

Alguns projetos de grande destaque apresentados foram:

1 - A roteirização turística de todo o Litoral Sul e Agreste Potiguar de forma integrada e inovadora, disponibilizada em Portal e Aplicativo Turístico com tecnologia de geolocalização, entre outras, desenvolvida em parceria com as prefeituras, secretarias de turismo e EasyTour Brasil (startup desenvolvedora e proprietária do aplicativo de mesmo nome);

2 - O monitoramento do comportamento do turista e estudos de mercado do segmento turístico do Litoral Sul e Agreste Potiguar, com vistas a manutenção da competitividade e sustentabilidade da região;

3 - A prospecção e orientação na formatação de produtos turísticos inovadores na região, especialmente os que envolvem experiências criativas em aldeias indígenas, caracterizando o turismo criativo.

4 - E o monitoramento das percepções das comunidades locais da região sobre o turismo e o seu nível de apoio ao desenvolvimento da atividade como base para planejamento estratégico regional.

Ações do documento

Página em carregamento