Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Ensino / Coordenação de Atividades Estudantis (COAES)

Coordenação de Atividades Estudantis (COAES)

A Coordenação é responsável por planejar e gerir os recursos direcionados às suas áreas de atuação; acompanhar as ações da equipe multidisciplinar; prestar apoio às entidades representativas dos estudantes; prestar apoio à participação dos alunos em eventos técnico-científicos, artístico-culturais, desportivos e político-estudantis e outras atribuições e competências

A COAES é a Coordenação de Atividades Estudantis do Campus Canguaretama que tem como principal objetivo o suporte ao processo educacional através de ações do Serviço Social, Psicologia e Saúde Preventiva.  A principal meta da implementação dos programas desta natureza é de intervir nas relações sociais e nas questões de ordem socioeconômicas que afetam e/ou dificultam a concretização do processo de ensino-aprendizagem. 

Considerando as especificidades da região onde está inserido o campus Canguaretama e o perfil sócio-econômico dos alunos matriculados, a Instituição tem como meta constante a aplicação de cerca de 10% do orçamento nos programas de assistência sócio-estudantil. 

 

Principais serviços e atividades realizados pela COAES/CANG


SERVIÇO SOCIAL

O Serviço Social desenvolve ações e atividades direcionadas pelo Projeto Ético Político do Serviço Social brasileiro, como também, segue as diretrizes da política de Assistência Estudantil do IFRN, que possui como pressupostos legais a Constituição Federal de 1988 e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação de 1996, além destes, a Assistência Estudantil do IFRN é baseada no Plano Nacional de Assistência Estudantil das Instituições Federais de Ensino Superior (PNAES, 2007), e o Decreto 7.234 de julho de 2010 que cria o Programa Nacional de Assistência Estudantil. Dessa forma, desenvolve estratégias de atendimentos e ações de assistência ao estudante objetivando a oferta de condições de acesso, permanência e conclusão, que vem sendo viabilizados a partir de Programas e Auxílios, bem como através de atendimentos e encaminhamentos realizados. São ações cuja finalidade é minimizar situações de vulnerabilidade social às quais dificultam o desenvolvimento pleno das atividades relacionadas ao processo ensino aprendizagem.

Algumas atividades e ações desenvolvidas:

1. Atendimento individual e/ou grupal aos discentes, familiares e servidores;

2. Inclusão dos estudantes nos programas de Apoio à Formação Estudantil, Auxílio Transporte e Alimentação Escolar, dentre outros serviços;

3. Visitas domiciliares;

4. Realização de oficinas, discussões e orientações educativas;

5. Encaminhamentos e orientações junto aos estudantes e suas famílias à rede socioassistencial;

6. Planejamento, execução e avaliação de pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social e para subsidiar ações profissionais (Ex: caracterização socioeconômica);

7. Mobilização e articulação intersetorial com as demais políticas.


Assistentes Sociais: Anacléa Cruz e Valmara Fernandes.

- Local: Sala 48

- Ramais: 8024

 

PSICOLOGIA ESCOLAR

A psicologia escolar colabora para a compreensão e para a mudança do comportamento de educadores e educandos no processo de ensino-aprendizagem, nas relações interpessoais e nos processos intrapessoais, referindo-se sempre às dimensões política, econômica, social, cultural e biológica, e atua através de intervenções individuais ou em grupo.  O objetivo é orientar a compreensão das emoções, a forma de pensar e o comportamento humano. 

 Algumas atividades desenvolvidas:

1.  Discussão com professores, pais e alunos sobre os processos de ensino-aprendizagem com vistas a aperfeiçoá-los;

2.  Intervenções psicológicas dialogadas (oficinas, palestras, rodas de conversa);

3.  Participação direta na ETEP, nas RP's com a Diretoria Acadêmica e junto as coordenações de curso para contribuir com saberes psicológicos na construção de planejamentos acadêmicos;  

4.  Acompanhamentos individuais, previamente agendados, das  demandas psicológicas dos alunos; 

5.  Plantão psicológico para intervenções emergenciais em alunos ou servidores;

6. Possibilidade de participação/coordenação de projetos de pesquisa ou extensão com objetivo de aprofundar conhecimentos psicológicos e/ou realizar intervenções com a participação da comunidade externa.


Psicóloga: Nívia Lopes 

- Local: Sala 46

- Ramal: 8025

 

 SAÚDE ESTUDANTIL

Os serviços de saúde também estão inseridos na Coordenação de Atividades Estudantis desenvolvendo ações de prevenção, promoção e acompanhamento da saúde do aluno visando garantir, através de suas atividades, a permanência do discente na escola e o direito à educação. A equipe é composta atualmente por uma técnica em enfermagem, um médico e um odontólogo.

Ações desenvolvidas pelo setor de saúde:

1. Assistência integral ao aluno;

2. Ações preventivas e curativas;

3. Atendimento de urgência;

4. Interação com os demais setores;

5. Trabalho em equipe;

6. Campanhas educativas no campus e nas comunidades locais;

7. Esclarecimentos e orientações sobre aspectos relacionados à saúde.


Equipe: Lailson Lima (odontólogo); Isis Carvalho (técnica em enfermagem); Jocélio Ramalho (médico); Edilaine da Silva (auxiliar de odontologia).

- Local: Setor de Saúde (prédio anexo).

- Ramais  

Setor: 8026

Enfermeira: 8027

Médico: 8028

Odontólogo: 8029

 

Ações do documento

Página em carregamento