Você está aqui: Página Inicial / Campi / Apodi / Gestão de Pessoas / Técnicos Administrativos

Técnicos Administrativos

Progressões Funcionais e Estágio Probatório
logotipo:  Gestão de Pessoas

Sobre Progressão Funcional TAE


Progressão Funcional: Os servidores podem progredir, dentro de uma classe, os quatro níveis de classificação e os dezesseis padrões de vencimento, mas não podem ascender de uma classe para a outra. O servidor que ingressar na classe D, por exemplo, não tem a opção de passar para a E (só por meio de novo concurso público). 
Progressão por capacitação profissional: É a mudança de nível de capacitação, dentro do mesmo cargo e nível de classificação, decorrente da obtenção pelo servidor de certificação em Programa de Capacitação, compatível com o cargo ocupado, o ambiente organizacional e a carga horária mínima exigida, respeitado o interstício de dezoito meses. É permitido o somatório de cargas horárias de cursos superiores a 20 (vinte) horasaula.
Progressão por mérito profissional: É a mudança para o padrão de vencimento (que vai do 1 ao 16, dentro de cada uma das classes) imediatamente subsequente, a cada 18 meses de efetivo exercício, desde que o servidor apresente resultado fixado em programa de avaliação de desempenho. 
Incentivo à Qualificação: Além da progressão profissional, o plano de carreira do servidor técnico-administrativo oferece um incentivo ao servidor que possui educação formal superior a exigida para o cargo de que é titular. O benefício é pago em percentuais calculados sobre o padrão de vencimento percebido pelo servidor. Os percentuais são fixados em tabela, que podem variar de 5% a 75%. O título em área de conhecimento com relação direta ao ambiente organizacional de atuação do servidor proporcionará o percentual máximo, enquanto títulos com relação indireta, corresponderão ao percentual mínimo.
Estágio probatório: uma avaliação que o servidor público de cargo efetivo se submete para verificar se ele merece ou não se estabilizar no serviço público. Normalmente, ele é avaliado quanto a sua assiduidade, pontualidade, responsabilidade, iniciativa para exercer as atribuições do cargo e etc.. O estágio probatório e a estabilidade são institutos jurídicos distintos. A estabilidade é um direito constitucional para quem possui cargo público efetivo (art. 41 da CF/88) e será adquirida após 3 anos de efetivo exercício. A aprovação no estágio probatório é um dos requisitos para aquisição da estabilidade, não se confundindo os institutos.

Descubra sua data de Progressão


A Coordenação de Gestão de Pessoas do Campus Apodi disponibiliza através do link abaixo planilha com as datas de Progressões Funcionais dos Servidores do Campus Apodi. Através da planilha o servidor tem acesso as datas das Progressões Funcionais e Estágio Probatório até o ano em curso e a previsão de datas para as futuras Progressões e Conclusão de Estágio Probatório.

 

Para ter acesso o servidor deve seguir os passos:

1 - Acessar o link abaixo, de acordo com o seu cargo; 

2 - Digitar sua matricula no campo em branco;

3 - Pronto, as informações sem extraídas para os quadros abaixo.

 

Acesse:

PLANILHA PARA ACOMPANHAMENTO DE PROGRESSÕES  E ESTÁGIO PROBATÓRIO - Técnicos Administrativos

 TABELA DE REMUNERAÇÃO PCCTAE

 

Ações do documento

Página em carregamento